Abordagem capacitante (PT – português)

O Gruppo Anchise propõe o ApproccioCapacitante® (Abordagem Capacitante) na assistência dos hóspedes nas Residências Geriátricas e nos Centros de Assistência Diurna, também com deficit cognitivo.

A Abordagem Capacitante® é uma modalidade de relação interpessoal que se baseia no reconhecimento de competências básicas do interlocutor, cuja finalidade é a convivência suficientemente feliz entre os que dialogam.

Em Geriatria a Abordagem Capacitante é uma modalidade de intervenção que visa criar nas Residências Geriátricas, um ambiente no qual cada um possa exercer as Competências elementares assim como pode, sem sentir-se no receio de errar,  com o objetivo de favorecer uma convivência  suficientemente feliz entre os hóspedes, profissionais da saúde e familiares.

Origem e Interseção. A Abordagem Capacitante tem a sua origem no contexto de aliança terapeutica, e se desenvolve com o Conversazionalismo (Conversação) de Giampaolo Lai e si intercede com as contribuições de outros autores: Naomi Feil e a Validation, Tom Kitwood e a abordagem psicossocial, Moyra Jones e la Gentlecare, Amarthia Sen e a Capability Approach.

As competências Elementares consideradas são cinco:

Ø  a competência a falar, é a competência da linguagem, independentemente dos seus significados;

Ø  a competência a comunicar através da linguagem verbal, paraverbal e não   verbal;

Ø  a competência emotiva, é a competência a experimentar emoções, a compartilha-las e a reconhecer aquelas do interlocutor;

Ø  a competência a contratar as coisas que nos concerna na vida quotidiana (uma expressão desta competência se pode observar na contratação do motivo narrativo durante os intercâmbios verbais);

Ø  a competência de decidir, também na presença  de deficit cognitivo e contextos de limitada liberdade de decisão (expressões extremas desta competência são representadas pelos comportamentos de oposição, de fechamento relacional, de isolamento do mundo).

Quando se cria um ambiente capacitante a pessoa idosa pode desenvolver as atividades pelas quais é capaz, assim como é capaz, sem se sentir inadequada, com um unico proposito de ser feliz, o quanto for possível, por fazer aquilo que faz, assim como faz, no contexto em que se encontra.

Do ponto de vista metodologico a Abordagem Capacitante  nasce da experiência direta das pessoas que vivem em Residências Geriátricas e do estudo dos diálogos entre idosos e profissionais da saúde, registrados e transcritos fielmente.

As ideias fortes que estão à base da Abordagem Capacitante, são o Reconhecimento das Competências Elementares (a Competência a falar e a comunicar, a Competência emotiva, a Competência a contratar e decidir), o Reconhecimento da Identidade Multipla (os hóspedes da Residência Geriátrica não são somente pessoas que necessitam de assistência), o Reconhecimento dos Mundos Possíveis (o mundo de antes e o mundo do depois), o Reconhecimento do ponto de vista e do sistema de valores das pessoas que vivons na Residência Geriatrica.

Instrumentos utilizados e campos de aplicação. A Abordagem Capacitante tem como foco a atenção nas trocas verbais entre os falantes, os instrumentos utilizados a escuta e a palavra. O profissional da saúde capacitante acolhe as competências elementares do interlocutor no momento em que se manifestam, assim como se manifestam e com a própria intervenção verbal restitui ao interlocutor o Reconhecimento das suas competências. Os interventos verbais do profissional inspiram às Técnicas do Conversazionalismo. Para criar um ambiante capacitante nas Residências Geriátricas se propõe de utilizar a Abordagem Capacitante  seja este un setting inespecifico ou especifico.

Setting inespecifico

Ø   Encontros informais na vida quotidiana

Ø   Atividade ludica – Reabilitação

Setting especifico

Ø   Entrevista para acolhimento em Residência Geriatrica

Ø   Entrevista individual

Ø   Grupo de conversação para pessoas com demência (Grupos de reconhecimentos)

Ø   Grupo de auto-ajuda para familiares de pessoas com demência (Grupo ABC)

Ø   Cursos de formação para profissionais da saúde .

Para um primeiro conhecimento da Abordagem Capacitante, podem ler os textos de conversação profissionais registrados, transcritos e comentados no arquivo e consultar a bibliografia (v. menu).

(Traduçao de Solange Carneiro, Presidente Associazione Alzheimer Isontino)